SEU KIT DE FERRAMENTAS NÃO ESTÁ COMPLETO SEM ESTES ITENS



É possível realizar muitos projetos de melhoria em casa com apenas algumas ferramentas básicas. Se você é daqueles(as) que gostam de perder algum tempo construindo ou consertando coisas por conta própria, esta pequena lista de ferramentas tem tudo o que precisa.

1. Furadeira
Bosch Furadeira_Parafusadeira Elétrica GSR7-14E

Uma boa furadeira elétrica será um dos melhores investimentos que poderá fazer. Com ela você pode fazer furos ou atarraxar parafusos muito mais rápido do que com ferramentas manuais. Para uso com pouca frequência, pode-se optar por um equipamento com fio, que tem um custo menor. Mas, a melhor opção sempre será a furadeira sem fio, que lhe proporcionará muito mais praticidade e mobilidade, por não ter a necessidade de estar o tempo todo conectada à uma tomada. Opte por um modelo que recarregue rapidamente ou venha com duas baterias, para uma maior autonomia.


2. Serra Circular

As serras circulares são essenciais para produção de cortes retos, rápidos e precisos em madeira e outras chapas. Utilizando um disco de corte circular específico para cada tipo de material, a serra é capaz de efetuar cortes em madeira, acrílico e até em metais e alvenaria. Evite as serras muito baratas, pois elas terão pouca potência para algumas tarefas de corte.






3. Nível

Um nível é usado para determinar o prumo (perfeitamente vertical) e o nível (perfeitamente horizontal). É possível encontrar níveis de muitas formas, tamanhos e faixas de preço diferentes. O modelo mais utilizado é o nível de carpinteiro.

O nível a laser, também é uma boa opção, contudo você deverá fazer um investimento "um pouco" maior. Com ele você poderá garantir acabamentos perfeitos em uma obra ou reforma, além de facilitar o corte de materiais planos.



4. Trena

A trena é uma ferramenta chave, tanto para profissionais, quanto para amadores. Projetada para medir, as trenas possuem fita flexível, tornando simples as medições em superfícies lineares e/ou curvas.

Uma trena manual será suficiente para atendê-lo em praticamente todas as suas necessidades de medição.


5. Martelo

Entre todos os tipos de martelos, o mais comum é o martelo unha. Além de fixar pregos em inúmeras superfícies, ele os remove também. Isso porque a cabeça é dividida em dois lados: uma parte achatada, feita para te ajudar a fixar os pregos na superfície e outra parte tipo garra, que serve para puxá-los e removê-los.

Seu cabo pode ser fabricado em madeira, aço ou fibra de vidro e pode ser usado em parede, madeira, placa de aço ou qualquer outra superfície.

Como esse modelo tem dupla função: martelar e remover pregos, é um elemento essencial na maioria das caixas de ferramentas.


6. Chave de Fenda

Existem inúmeros modelos e tamanhos de chaves de fenda, no entanto, recomendamos que opte por um jogo de chaves multifuncional, o qual lhe permite a troca das ponteiras, de acordo com sua necessidade.







7. Estilete

Uma das ferramentas mais baratas que você poderá adquirir, mas que será muito útil. Procure um modelo com lâmina retrátil e sempre retraia a lâmina antes de guardá-lo, para evitar acidentes. As lâminas são baratas, então troque-as com frequência. Lâminas cegas são mais propensas a causar ferimentos.



8. Conjunto de chave soquete

Este kit serve para apertar e desapertar parafusos e porcas, de diversos padrões, de uma forma fácil e prática.

Um bom jogo de soquetes oferece tudo o que você precisa: além da chave de catraca, o jogo contém ainda extensões, juntas e soquetes de diferentes tamanhos.

Prestar atenção nessas características é importante para comprar o jogo que corresponde às suas necessidades. Soquetes estriados possuem mais pontos do que os sextavados, oferecendo mais ângulos de trabalho.


9. Alicate

A principal função do alicate é multiplicar a força de quem o está usando. Isso acontece graças ao seu formato de alavanca, fazendo com que a força exercida no cabo seja multiplicada na cabeça do alicate.

Assim, ao usarmos essa ferramenta, trabalhos que exigem força, como cortar e dobrar materiais, se tornam mais simples.

O alicate universal, é o mais utilizado. Ele possui uma ponta chata e a mordida é estriada, o que traz mais facilidade na hora de apertar e dobrar chapas e fios.

No meio há uma abertura circular e estriada que favorece na hora de pegar parafusos e dutos, trazendo mais firmeza ao manuseio. Próximo do fulcro (bolinha que une os cabos), ainda há uma lâmina de corte, usada para cortar fios e arames finos ou médios.

Como o nome sugere, o alicate universal possui uma ampla variedade de usos e por isso é indispensável em qualquer caixa de ferramentas. Ele serve para apertar objetos, cortar, dobrar e torcer fios e arames, entre outros.


10. Óculos de segurança

Nem pense em operar ferramentas elétricas ou ferramentas manuais de alto impacto (como um martelo ) sem usar proteção para os olhos. Se você já usa óculos de grau, pode optar por modelos que se adaptam sobre eles.







29 visualizações