• Eletrotrafo

Pofissão do Futuro

Atualizado: Jul 3

Nos últimos anos nos deparamos com inúmeras situações de crise e dificuldades em nosso país, dentre elas a crise energética e econômica.

Para enfrentar tal situação, muitas coisas tiveram que mudar, novas formas de consumo de energia, novas profissões e modelos de negócio surgiram como forma de rebater os resultados negativos e impulsionar uma reação do atual cenário. No ano passado, apesar de ter sido registrado uma queda nas taxas de desemprego, segundo o IBGE este número ainda corresponde a 12,4% no Brasil. Muitas pessoas têm encontrado saída diante da crise, buscando especializações de forma que possam aumentar suas chances perante uma vaga de emprego ou até se arriscando como autônomo ou microempreendedor. Neste artigo iremos tratar de uma dessas novas oportunidade, que mesmo em meio à crise obteve um crescimento notável e tende-se a fortalecer ainda mais nos próximos anos, conheçam o Instalador de Sistemas de Energia Fotovoltaica.

O que faz um instalador Fotovoltaico?

Este técnico profissional, é responsável por toda a estrutura de um projeto de instalação de sistema gerador fotovoltaico, seja ele residencial ou comercial, devendo sempre respeitar as normas (NR10 e NR35) que prezam pela sua segurança e a de sua equipe. O salário médio de um instalador pode variar entre R$1.000,00 e R$3.000,00, dependendo do seu grau de formação e da região onde exerce sua função. É claro que este valor pode ser muito maior dependendo de uma série de fatores, como por exemplo, seu nível de qualificação, experiência e conhecimento técnico. Com um nível de qualificação maior, é possível atuar em outras frentes de um projeto fotovoltaico, como no dimensionamento de sistemas, por exemplo, podendo assim majorar sua renda como instalador.

Cenário Brasileiro.

No Brasil hoje existem mais de 1.500 empresas ativas de energia solar e estima-se que em 2020 chegue a 5.000 empresas associadas à produção de energia fotovoltaica, que juntas movimentarão R$11 bilhões por ano. Atualmente os estados que mais investem em energia solar são Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, no entanto os outros Estados também já estão adotando a utilização dessa tecnologia. A previsão é que até 2030 sejam mais de 2,7 milhões de unidades consumidoras em todo o Brasil. A utilização de sistemas fotovoltaicos aumenta aceleradamente, não só no Brasil mas também em todo o mundo, o que incrementa a demanda por profissionais do ramo. Alguns fatores auxiliam ainda mais o crescimento deste setor em nosso país, como incentivos fiscais e até as condições climáticas, que por sinal são muito favoráveis em quase todo o território nacional. Com todos estes números fica fácil perceber que o mercado é muito favorável para o instalador fotovoltaico, que pode atuar tanto como funcionário de uma empresa integradora, como prestando consultorias em projetos, ou até mesmo comercializando seu próprio serviço como um instalador autônomo. O mercado de energia solar fotovoltaica é muito promissor, com grandes expectativas de crescimento e está carente de profissionais qualificados. A tecnologia fotovoltaica exige conhecimentos específicos, devido ao seu alto grau de particularidades. Sendo assim, é uma ótima sacada capacitar-se neste nicho de mercado, buscando conhecimento de boas práticas de instalação. A mão-de-obra qualificada é diretamente responsável pela qualidade dos serviços prestados, assim como pela segurança do instalador e da instalação. Comece já a trabalhar neste mercado, seja pioneiro na sua região e não perca esta oportunidade.


A ELETROTRAFO SOLAR pode lhe ajudar oferecendo equipamentos para instalação de sistemas fotovoltaicos, além de ferramentas e equipamentos de segurança, peça já o seu orçamento.

0 visualização

INSTITUCIONAL

FALE CONOSCO

(43) 3520-5000

2ª A 6ª das 8h às 18h

faleconosco@eletrotrafo.com.br

ACOMPANHE-NOS

Eletrotrafo Produtos Elétricos Ltda, pessoa jurídica brasileira de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 80.224.785/0001-15.

As imagens dos produtos são meramente ilustrativas.