• Eletrotrafo

O que Fazer Quando Ocorre um Curto-Circuito na Instalação?

Atualizado: Jul 3


O curto-circuito é um problema recorrente em instalações elétricas, que pode trazer grandes prejuízos ou pior ainda, grande perigo. Este tipo de problema pode acontecer em diferentes pontos da instalação, desde uma tomada até a ligação de um disjuntor.

Grande parte das ocorrências de curto-circuito, são procedentes de algum erro humano, seja uma instalação mal feita, com materiais elétricos e cabos não certificados ou devido ao uso incorreto de equipamentos utilizados na rotina diária, causando uma sobrecarga na rede elétrica.


Mas afinal, o que é um curto-circuito e quando ocorre?

O curto-circuito nada mais é do que o aumento repentino na carga elétrica de um fio ou aparelho. Normalmente os equipamentos e fios são feitos para suportar um certo limite de carga, quando esta carga ultrapassa seu nível máximo, os componentes não resistem ao calor e derretem ou explodem. Este tipo de problema ocorre com frequência, principalmente, em instalações onde a bitola do fio é menor do que o recomendado pelos equipamentos utilizados naquele ponto de energia.

A sobrecarga de tomadas e fios desencapados ou desgastados devido às intempéries, também podem ser considerados grandes vilões na ocorrência de curtos-circuitos.

Para evitar tais acidentes, os disjuntores são instalados como dispositivos de segurança, com o objetivo de desarmarem nestas situações, antes que problemas maiores possam ocorrer.


Como posso identificar um curto-circuito?

Na maior parte das vezes os curtos-circuitos são fáceis de serem notados, principalmente quando provocados por fios desencapados. Porém existem casos em que eles são quase imperceptíveis, podendo causar danos a longo prazo, sem que você perceba algum indício.

Listamos a seguir, alguns sinais que podem lhe ajudar no prognóstico de um possível curto-circuito:


  • Cheiro de Queimado

Resultado da queima dos componentes plásticos que se derretem com a sobrecarga, o cheiro de queimado, na grande maioria dos casos, é o primeiro indício de que há algo de errado com a instalação elétrica ou com o equipamento eletrônico.

  • Tomadas Manchadas

Também a queima dos componentes plásticos, é responsável por liberar uma fumaça preta, que mancha as placas das tomadas.

  • Lâmpadas e Equipamentos com Vida Útil Reduzida

A sobrecarga elétrica danifica os equipamentos. Caso note em sua casa, que as lâmpadas ou outros equipamentos eletrônicos estão queimando com facilidade, sem algum motivo aparente, peça para que um eletricista avalie sua instalação elétrica, pode ser que haja um curto-circuito.

  • Oscilação e queda de energia frequente

A oscilação e queda de energia pode ocorrer devido à sobrecarga do sistema de disjuntores, que possuem a função de desarme em situações como esta.


O que fazer quando ocorre um curto-circuito?

Se o curto-circuito for instantâneo, como ocorre nos casos de equipamentos ligados em voltagens erradas, o correto é desligar o aparelho da tomada e verificar os fusíveis. Estes dispositivos geralmente queimam, antes que o resto dos componentes sejam danificados pela sobrecarga. Se o problema for identificado na instalação, é muito importante descobrir seu fato gerador. Procure pontos de sobrecarga, como muitos equipamentos em uma única tomada. Depois de localizado a origem, é só resolvê-lo o quanto antes.


Caso o curto não tenha um motivo aparente, é necessário a ajuda de um profissional para diagnosticar o problema. Lembre-se! Um curto-circuito é um problema sério e deve ser reparado com urgência, pois pode provocar um grande incêndio com consequências fatais!

0 visualização

INSTITUCIONAL

FALE CONOSCO

(43) 3520-5000

2ª A 6ª das 8h às 18h

faleconosco@eletrotrafo.com.br

ACOMPANHE-NOS

Eletrotrafo Produtos Elétricos Ltda, pessoa jurídica brasileira de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 80.224.785/0001-15.

As imagens dos produtos são meramente ilustrativas.