• Eletrotrafo

MANUTENÇÃO DE CHUVEIROS


Quem não gosta de tomar um banho quentinho ao fim de um dia cansativo de trabalho, ainda mais nos dias mais frescos? Entretanto, é sem dúvida desanimador abrir o registro do chuveiro e a temperatura da água não estar de acordo com o que você esperava. Pois bem, existem várias causas que podem contribuir para o mal funcionamento do seu chuveiro.

Separamos neste artigo algumas dicas de manutenção que garantirão que seu banho de relaxamento sempre ocorra da melhor forma, com água “quentinha” de verdade.


Resistência do Chuveiro

A primeira coisa que nos vem à cabeça quando o chuveiro para de funcionar, é trocar a resistência. Na maioria dos casos, realmente esse é o problema. Pois, essa pequena peça é a responsável em transformar a energia elétrica em energia térmica e aquecer a água dentro do aparelho. Com o tempo ela vai se desgastando, assim como qualquer outro componente eletrônico.


Como trocar a resistência?


Trocar a resistência é uma das tarefas mais simples na manutenção de um chuveiro. Antes de começar é muito importante que você desligue o disjuntor do chuveiro, para não levar choque e transformar uma tarefa simples em um grande problema. Se tiver alguma dúvida sobre qual chave desligar, desligue o disjuntor geral da casa. Depois disso localize a peça, geralmente ela fica na câmera de água do chuveiro, troque a peça - o tipo e posicionamento pode variar de acordo com o modelo e marca do equipamento. Depois de feita a troca e ainda com o disjuntor desligado, ligue a torneira do chuveiro e deixe a água escorrer por alguns segundos, e só então ligue o disjuntor. Esse procedimento deve ser seguido à risca pois, se o disjuntor for ligado sem água no equipamento, ele queimará imediatamente e todo trabalho vai ter sido feito em vão.


Pressão da água

Você já deve ter percebido que em alguns domicílios a água cai com mais força ao abrir uma torneira ou o chuveiro. Isso acontece porque a pressão da tubulação é maior. Quanto mais alta a caixa d’água está em relação ao cômodo, maior a pressão com que essa água vai vir. Isso também acontece nos casos em que o abastecimento vem diretamente da rua.

Todo chuveiro tem uma câmara feita para conter a água e assim permitir que ela passe pela resistência e aqueça, se a água passa muito rapidamente pela resistência, ela não consegue transferir o calor necessário para deixar a água quentinha, no máximo ela poderá deixar a água morna.


Mas como resolver?

Se a pressão for muito mais alta do que a capacidade do chuveiro, você pode instalar um redutor de vazão na saída de água da parede. Essa peça é de fácil instalação.


Potência

Quanto maior o número da potência, maior será a capacidade de aquecimento (e o consumo de energia elétrica). No Brasil, a maior parte dos aparelhos possuem entre 5500w e 7500w de potência. Essa média varia de acordo com a região, já que em regiões com climas mais frios, a demanda por chuveiros mais potentes é maior. Cada potência pede também fiações específicas, que devem ser consultadas no ato de compra do chuveiro.


Voltagem

As ligações elétricas do chuveiro devem ser compatíveis com o ponto onde ele será instalado. Não adianta comprar um chuveiro com voltagem maior ou menor, a fim de aumentar ou diminuir a temperatura, se a fonte de energia não for igual só irá diminuir a eficiência do aparelho ou até danificá-lo.

E então, ficou alguma dúvida? A ELETROTRAFO oferece profissionais informados e qualificados para prestar um melhor atendimento ao cliente. Acesse nosso site www.eletrotrafo.com.br e confira nossa grande variedade de duchas e chuveiros, das melhores marcas do mercado.



44 visualizações

Posts recentes

Ver tudo