top of page

Manutenções e limpeza do sistema fotovoltaico

A melhor forma de manter em pleno funcionamento os painéis solares, é realizando as manutenções e limpeza do sistema. Essa é uma premissa básica para que todo e qualquer tipo de equipamento tenha longevidade e boa produtividade.



Por ficarem na parte externa, as placas solares sofrem com as ações do ambiente como acúmulo de poeira e fuligem, folhas, galhos, insetos mortos e até dejetos de animais, obrigando a realização de manutenções e limpeza do sistema.

Ao contrário do que muitos pensam, a água da chuva é muito importante no processo de conservação das placas, já que este contato direto acaba contribuindo com a limpeza delas, porém, somente este procedimento não é o suficiente.

Quer saber sobre a importância de se realizar as manutenções e limpeza do sistema? Quais os tipos de manutenções? A relação entre parceria correta e longevidade dos equipamentos? Siga com a gente!


Quais são os tipos de manutenções e por que são tão importantes?


A exposição as ações do tempo e condições climáticas, especialmente quando ocorrem as descargas elétricas (raios), podem fazer com os equipamentos, especialmente os que ficam em ambientes externos, sofram danos sérios muitas vezes irreparáveis.

Embora as placas solares sejam as mais conhecidas dentro de um sistema de energia solar, os outros equipamentos também são importantes e precisam passar por manutenções e limpeza, para continuidade do bom funcionamento.

Podemos resumir basicamente em três os tipos de manutenções: periódica, preventiva e corretiva, todas visando a conservação para o melhor funcionamento dos equipamentos para garantir a melhor performance mesmo com o passar do tempo.

  • Periódica: É a realização de inspeções constantes nos equipamentos para avaliar se ocorreram avarias, como desencaixes, quebras, arranhões ou até mesmo algum dano físico maior.

  • Preventiva: Tem como o principal objetivo de antecipar alguma situação que possa a vir a comprometer o bom funcionamento do sistema, “tentando” minimizar a ocorrência de alguma situação inesperada.

  • Corretiva: Esta é uma situação de reparo, podendo desde um pequeno ajuste, conserto ou até mesmo a substituição de uma peça ou equipamento. Por isso a importância a manutenção periódica e preventiva.

A água da chuva ou uma simples limpeza podem garantir um bom funcionamento das placas solares?


A chuva exerce um papel muito importante para a conservação, pois a sua água acaba lavando as placas solares. Danos provocados especialmente pelo acúmulo de poeira e fuligem são reduzidos quando a região recebe boa quantidade de chuva.

Obviamente, apenas a água da chuva não seria o suficiente para considerar como uma “limpeza ideal”, ela apenas contribui no sentido de evitar o acúmulo de sujeira. Em regiões mais secas que possuem menos incidência de chuvas a atenção deve ser ainda redobrada.

A limpeza manual sempre é necessária especialmente em áreas mais restritas onde geralmente se acumulam poeira, porém um fato extremamente importante é observar se o equipamento está desligado para evitar acidentes.

Geralmente quando acumula muita sujeira, a performance do equipamento é nitidamente reduzida. A própria redução do volume de chuvas e um ótimo indicador que já demanda uma atenção ainda maior.

Os equipamentos que compõe o sistema solar de grande durabilidade e tem um período de vida útil em média de 25 anos. Para que atingir este prazo é necessário atentar-se a necessidade de manutenções e limpeza que devem ocorrer a cada seis meses.


Além de cuidar da manutenção e limpeza do sistema, o que mais preciso saber?


Para alcançar bons resultados é necessário levar em consideração uma série de fatores, entre eles a escolha de uma parceria especializada, que oriente sobre o manuseio, os cuidados e a necessidade de conservação do sistema.

A escolha de uma parceria qualificada é importante pois existem detalhes que farão total diferença para que o projeto tenha sucesso. Entre eles podemos citar:

Posicionamento correto das placas solares: É necessário acompanhar a movimentação do sol para que o máximo de energia seja absorvida. Construções e árvores podem gerar sombra e devem ser levadas em consideração no início do projeto.

Equipamento de qualidade: Para que o projeto atenda a expectativa de longa durabilidade o fornecedor precisa trabalhar com equipamentos de qualidade que exijam baixa necessidade manutenções corretivas.

Instalação correta: Quando a instalação ocorre de maneira correta, o projeto tende a gerar bons resultados. A capacitação técnica nesse momento fará total diferença. Nesta fase qualquer falha poderá colocar em risco todo o projeto.


Principais benefícios e tempo de retorno do investimento


O principal motivo para investir em energia solar, é a redução da conta de energia elétrica. Investir em geração própria de energia é uma tendência no Brasil e para comprovar seguem alguns motivos

  • Redução de até 95% do valor da conta de energia elétrica;

  • Redução de taxas e impostos conforme Decreto de Lei Marco Legal;

  • Energia limpa, renovável e inesgotável;

  • Imóveis que utilizam energia solar são mais valorizados;

  • Linhas créditos exclusivas para o segmento;

  • Autossuficiência de produção;

  • Redução de emissão de CO2.

Investir em energia solar é extremamente vantajoso para quem investe pois reduz custo com a conta de energia elétrica, para o planeta pois reduz drasticamente a emissão de CO2, para o governo já que menos empresas e pessoas dependentes do sistema elétrico.

Para obter êxito em seu projeto é necessário trabalhar com quem entende do segmento e propões as melhores soluções, A ELETROTRAFO é uma referência do mercado pois se preocupa com o seu cliente, orientando inclusive sobre a importância da realização de manutenções e limpeza do sistema.

Somos uma empresa brasileira que conhece e fornece as melhores soluções. Conhecer o cliente e tratá-lo como amigo, é uma forma de respeitar e fazer com que o projeto seja um sucesso!

66 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page