top of page

Como escolher o cabo elétrico ideal?



Quando se trata de instalações elétricas, escolher o cabo adequado é essencial para garantir a segurança e o bom funcionamento de qualquer projeto.

Muitas vezes, esse elemento crucial é negligenciado, resultando em problemas potencialmente perigosos e ineficiência energética. Neste post, vamos destacar os principais pontos a serem considerados ao escolher o cabo elétrico ideal para suas necessidades, permitindo que você tome decisões mais informadas e conscientes.


Ao decorrer deste conteúdo você vai encontrar:

- Diferença de fio elétrico e cabo elétrico- Tipos de fios e cabos elétricos- Cuidados na hora de escolher o seu cabo elétrico


1- Diferença de fio elétrico e cabo elétrico


Quando falamos sobre eletricidade e condução de corrente elétrica, é comum encontrarmos dois termos relacionados: cabos elétricos e fios elétricos. Embora ambos sejam utilizados para transmitir eletricidade, eles possuem diferenças fundamentais em sua estrutura e aplicações.


Fios elétricos: são constituídos por um único fio condutor, geralmente de metal, com uma secção constante. Devido à sua rigidez, esses fios são mais propensos a se romperem se forem dobrados repetidamente. Por essa razão, eles são empregados em situações em que não serão submetidos a dobragens frequentes, sendo classificados como:

"CLASSE 1: FIO SÓLIDO COMPOSTO POR APENAS UM CONDUTOR."

Em instalações residenciais, por exemplo, os fios elétricos podem ser utilizados em circuitos fixos, onde a posição dos componentes não sofre mudanças frequentes.


Cabos elétricos: são compostos por vários fios condutores entrelaçados, o que lhes confere uma maior flexibilidade. Essa característica permite que os cabos suportem diversas dobragens sem se quebrarem, tornando-os ideais para situações em que as partes do circuito podem mudar de posição ou estar sujeitas a esforços de dobragem.

Dessa forma, os cabos elétricos são amplamente utilizados na ligação entre componentes de aparelhos eletrodomésticos e em muitas outras aplicações industriais. Caso essas indústrias fizessem uso de fios elétricos em vez de cabos, os fios se romperiam devido à frequente necessidade de dobrá-los.


2- Tipos de fios e cabos elétricos


Existem diversos tipos de fios e cabos disponíveis no mercado, cada um com características específicas para atender diferentes necessidades e aplicações.


Fios Sólidos: O fio sólido é feito de cobre e possui isolamento em PVC, suportando tensão elétrica de até 750V. É indicado para instalações com baixa intensidade de corrente, sendo amplamente utilizado em residências e instalações industriais simples. Exemplos de aplicações incluem quadros elétricos, tomadas, iluminação e chuveiros.


Cabos Flexíveis: Os cabos flexíveis são confeccionados em cobre com isolamento em PVC ou HEPR. Sua alta maleabilidade permite instalações por conduítes e apresentam resistência à dobragem. São empregados em iluminação interna, distribuição de energia em residências e indústrias, e na instalação de equipamentos elétricos em ambientes residenciais e industriais.


Cabos Rígidos: Os cabos rígidos são feitos de cobre com isolamento em PVC ou HEPR. São menos flexíveis do que os cabos flexíveis e, por isso, são mais adequados para redes de distribuição de energia elétrica em larga escala e sistemas de aterramento.


Cabos PP (Poliuretano Poliolefínico): Os cabos PP são feitos com fios de cobre e apresentam duas camadas de isolamento. São altamente flexíveis, resistentes e seguros. São utilizados para ligações de eletrodomésticos, equipamentos como furadeiras e em projetos de decoração em luminárias pendentes.


Cabos Paralelos: Os cabos paralelos são flexíveis e compostos por fios de cobre. São indicados para pequenas instalações, como em aparelhos portáteis, abajures e lustres.


3- Cuidados na hora de escolher o seu cabo elétrico


Ao escolher o cabo elétrico adequado para cada instalação, é crucial considerar alguns cuidados essenciais que asseguram não apenas o desempenho eficiente, mas também a segurança do sistema elétrico.


- Verifique se o produto está em conformidade com as principais normas regulatórias de instalações elétricas: Essas normas garantem que o cabo elétrico atenda aos padrões recomendados, garantindo a conformidade do projeto elétrico e evitando riscos desnecessários.


- Escolha do fornecedor de fios e cabos elétricos: A qualidade de fabricação, a matéria-prima utilizada e os testes de resistência e conformidade realizados pelo fornecedor desempenham um papel fundamental no sucesso e na segurança do projeto. Optar por um fornecedor confiável e com experiência no mercado assegura a aquisição de cabos elétricos de alta qualidade e confiáveis para cada aplicação específica.

Para adquirir cabos elétricos ideais para cada tipo de instalação e com garantia de qualidade, a solução é a ELETROTRAFO. Nossa empresa é reconhecida no mercado pela excelência em seus produtos, seguindo rigorosamente as normas regulatórias.

Conte com a ELETROTRAFO para fornecer soluções confiáveis e eficientes em fios e cabos elétricos, proporcionando tranquilidade e confiança para o seu projeto elétrico.

2 visualizações

Comments


bottom of page