• Eletrotrafo

10 Perguntas Frequentes Sobre o Sistema Gerador Fotovoltaico

A energia solar fotovoltaica é relativamente nova no mercado, muitas dúvidas ainda são comuns em meio à população. Pensando nisso, a equipe da ELETROTRAFO SOLAR responde abaixo as dúvidas mais frequentes em relação ao sistema de energia solar.



1. O Brasil tem capacidade para gerar energia solar?

Sim, o país possui uma grande capacidade de gerar energia através do sol, podemos confirmar esta informação considerando que o lugar menos ensolarado do Brasil pode gerar mais energia elétrica que o lugar mais ensolarado da Alemanha, uma das líderes mundial em exploração de energia fotovoltaica. Segundo o Atlas Brasileiro de Energia Solar, há uma incidência diária de 4.444 Wh/m2 a 5.483 Wh/m2. Além disso, o Brasil possui uma das maiores reservas de silício do mundo, principal componente dos módulos fotovoltaicos. O silício é o grande responsável por transforma a luz solar em energia.


2. Como funciona o sistema de energia solar fotovoltaico?

De maneira resumida, podemos dizer que o sistema funciona da seguinte forma: as placas solares (geralmente instaladas no telhado) captam a luz do sol e a transforma em energia, essa energia é transmitida para um inversor que irá converter a energia gerada para as características compatíveis com a da rede elétrica.


3. Quais os tipos de Sistemas fotovoltaicos e como funcionam?

Podemos classificá-los em dois tipos, On Grid e Off Grid.

O sistema On Grid é o mais comum e viável, neste sistema a energia produzida em excesso pelas placas solares são transmitidas para a rede elétrica local e transformadas em créditos que são utilizados no período da noite ou em momentos que não há produção de energia solar.

Já o sistema Off Grid, armazena o excesso de energia em um conjunto de baterias, disponibilizando-a em momentos onde não há produção de energia. Este sistema não é ligado à rede elétrica local, o que o torna uma excelente opção para aplicação em lugares afastados.


4. O sistema de geração de energia solar dura para sempre?

Não, porém pode ter uma vida útil consideravelmente longa, em média 25 anos. Após esse período ele reduz a sua capacidade de geração de energia, mas ainda existe a possibilidade de implantação de novas placas para compensar esta redução na produção, prolongando ainda mais sua durabilidade.


5. Como funciona o sistema de energia solar durante a noite?

O sistema de geração de energia fotovoltaico depende da luz emitida pelo sol para funcionar, sendo assim, durante a noite, a geração é interrompida devido à ausência de incidência solar. Mas o fornecimento de energia não é interrompido em ambos os modelos de sistemas já citados anteriormente, contudo, cada um garante a distribuição de energia de forma peculiar: no sistema on grid, são utilizados os créditos gerados pelo excesso de energia produzido pelo sistema. Já no sistema off grid, o excesso de energia produzido durante o dia é armazenado em baterias e disponibilizado durante a noite.


6. A conta de energia elétrica será zerada?

Não, pelo fato da casa ou comércio ainda estar ligado à rede de energia elétrica local, ainda será cobrado o valor mínimo somado às taxas de iluminação pública. Ainda assim a economia oferecida é muito grande, podendo chegar a até 95%, do valor total da fatura.


7. É possível instalar energia no condomínio?

Desde as mudanças atribuídas pela Resolução Normativa 687/2015 da ANEEL, tornou-se possível a geração da própria energia para todos os empreendimentos com diversas unidades consumidoras, tais como condomínios. Desta forma, a resposta é SIM, seu condomínio já pode usufruir da energia solar, gerando economia aos condôminos de maneira sustentável.


8. Como é feita sua manutenção?

A manutenção das placas solares é simples e fácil de fazer. Uma limpeza com água e sabão, uma vez ao ano, garantirá a eficiência do seu sistema.


9. Onde posso instalar esse sistema?

O mais comum é a instalação no telhado, pois ocupa uma área que não é utilizada para outros fins, porém há diversas formas de ser instalado, isso dependerá das características de cada projeto.


10. Quanto custa para instalar o sistema fotovoltaico?

Isso dependerá de diversos fatores, como tamanho do sistema, local de instalação, região, entre outros. É preciso antes de tudo estudar o local e criar um projeto, porém calcula-se que o retorno do investimento poderá se dar entre quatro e sete anos.


Esperamos ter ajudado e esclarecido suas dúvidas. Peça já o seu orçamento e comece agora mesmo a planejar a produção da energia em sua residência, empresa ou propriedade rural, podendo economizar até 95% em sua conta de luz.